Categorias
Aprenda

Como economizar em viagens internacionais fora de temporada

Se você tem vontade fazer viagens internacionais para conhecer o mundo, mas odeia pagar caro por essas viagens ao exterior (e tem medo de enfrentar as multidões da alta temporada), considere realizar a viagem de fora da temporada para um local internacional favorito.

Não apenas os preços serão mais baixos durante a entressafra, mas você também terá mais facilidade em usar seus pontos ou milhas adquiridas com seu cartão de viagem.

Como economizar em viagens internacionais fora de temporada

Aprenda economizar em viagens internacionais.

— Combinado com datas de viagem flexíveis e um bom cartão de recompensas, você estará pronto para viajar antes que você perceba.

Depois de escolher um bom cartão travel rewards ou simplesmente cartão de viagem recompensas, comprometa-se com ele.

Em seguida, use-o para pagar pelas compras regulares que você faz ao longo do ano. Pense em aluguel, compras, contas de serviços públicos ou outras despesas mensais.

Você acumulará milhas à medida que avança.

Os cartões de crédito rewards podem ser ferramentas financeiras poderosas, uma vez que sejam usados ​​com responsabilidade.

Em outras palavras, uso-as apenas para pagar a compra que você faria de qualquer maneira e pagar o saldo em dia e integralmente todos os meses.

Mas você já sabia disso, não sabia?

Se você não tem um cartão travel rewards, acesse o site, aplicativo ou 0800 do banco no setor de cartões e peça mais informações sobre essa modalidade de adiantamento de dinheiro (cartão de crédito).

Faça reservas com antecedência.

Você não é um bom planejador? Então talvez seja hora de se tornar um e manter começar a manter o diário atualizado com todas as estratégias para conseguir descontos excepcionais.

A reserva antecipada é uma das suas melhores chances de obter bons negócios com hospedagens e conseguir voos internacionais mais baratos.

Embora o custo de primeira classe seja alto, a classe executiva ainda é uma opção luxuosa quando se trata de viagens aéreas.

E posso dizer de carteirinha, depois de voar na classe executiva, com certeza você não vai ficar ansioso para descer do avião depois de pousar.

Algumas companhias aéreas têm dias de “break para resgates de prêmios“. Se você planeja usar milhas aéreas, pontos de cartão de crédito ou aproveitar ofertas de viagens, precisará planejar com antecedência.

Como encontrar tarifas baixas.

Se você quiser aproveitar a baixa temporada na Europa, de acordo com a American Airlines, o período começa entre 10 de janeiro a 14 de março e de 1 de novembro a 14 de dezembro.

Verifique a tabela de prêmios da sua companhia aérea para descobrir quando esperar as tarifas mais baratas com base na definição de desconto das viagens no pico.

Seu clima será ideal fora da estação? Provavelmente não, mas você pode ter sorte na maioria das vezes. De qualquer forma, vista uma capa de chuva ou jaqueta de frio, saia e explore o ambiente.

Seja flexível com as datas da viagem.

Você também pode economizar muito em viagens internacionais se for flexível nas datas da viagem.

Use uma ferramenta como o calendário de tarifas baixas da Southwest Airlines para procurar as tarifas mais baratas. Sites como Kayak e Expedia também podem ser bons lugares para encontrar tarifas baixas de várias companhias aéreas.

O Google Flights pode pesquisar, em até seis meses, as tarifas mais baratas. Também gostamos do Skyscanner, que, como o nome indica, verifica mais de 1.200 sites diferentes em busca das tarifas mais baixas.

Também oferece a opção de pesquisar por mês, outro benefício para viajantes flexíveis.

Olhe para hotéis.

Planejar uma viagem internacional durante a baixa temporada também pode economizar em custos de hotel.

Por exemplo, uma viagem para Londres pode ter o custo bem menor em janeiro que é reconhecidamente a baixa temporada para esse local.

No entanto, é possível que isso signifique mais tempo chuvoso e frio, contudo, significa melhores taxas de hotel.

Não precisa arruinar o seu bolso.

As viagens internacionais não precisam arruinar o seu bolso ou deixar um rombo no seu limite do banco.

De fato, com um pouco de planejamento avançado, gerenciamento inteligente de pontos de cartão de crédito e flexibilidade, você pode satisfazer sua vontade de viajar mais cedo (e mais barato) do que você imagina.

Categorias
Aprenda

Como escolher um cartão de viagem eficiente

Você quer um cartão de crédito que receba recompensas para ser usado em suas compras do dia a dia, ganhar dinheiro de volta e obter recursos que facilitam uma viagem?

Um bom cartão de viagens ajuda você a ganhar além de pontos algumas viagens gratuitas, ele ajuda também em emergências relacionadas a viagens e não cobra taxas extras pelo uso no exterior.

Como escolher um cartão de viagem eficiente

Claro que cada cartão terá seus próprios benefícios e vantagens, se você souber o que procurar, e se fizer direito a procura, vai encontrar alguns com mais facilidade do que outros, no entanto, um cartão de crédito de viagem sempre vai se adequar ao seu estilo de vida.

Decida qual o tipo de cartão de viagem escolher.

Ao analisar os cartões de viagem, sua primeira grande decisão será entre um cartão de crédito de companhias e um cartão de viagem comum de uso geral.

  • Cartões de companhias ou de marca – em geral, ele levam o nome de uma companhia aérea ou rede de hotéis. As recompensas nesses cartões geralmente podem ser resgatadas apenas com essa companhia aérea ou no hotel. Isso limita suas opções, mas esses cartões também oferecem vantagens exclusivas, como malas despachadas gratuitas e embarque prioritário para companhias aéreas, ou upgrades gratuitos e comodidades de bônus nos hotéis.
  • Os cartões de viagem comum de uso geral – com eles você ganha recompensas que podem ser usadas para qualquer despesa de viagem, os pontos servem para reservar viagens diretamente ou resgatar os pontos como um crédito em sua conta bancária.

Se você viaja regularmente em uma única companhia aérea ou fica em um único grupo de hotéis, um cartão deste tipo é uma maneira mais inteligente de cobrir seus custos e despesas.

Caso contrário, um cartão de viagem tradicional oferecerá muito mais flexibilidade de uso e conveniência.

Recompensas e bônus extras.

Um bom cartão de crédito para viagens oferece recompensas de 1% a 2% dos seus gastos. Para cartões com taxas anuais maiores, as taxas de recompensa podem ficar ainda mais altas.

Veja também os bônus extras e até bônus de inscrição, não é comum ainda no Brasil. Esse é um ganho inesperado de pontos que você pode ganhar gastando uma certa quantia em compras no cartão nos primeiros 3 meses em que a possui – digamos, ao gastar R$ 6.000 mil em gastos nos 90 dias seguintes ao iniciar o uso do cartão. Um bom bônus de inscrição pode se traduzir em um voo de ida e volta gratuito. Em geral, quanto maior a taxa anual, maior o bônus de inscrição.

O que procurar em um cartão de viagem.

Ao avaliar os cartões, observe como ganhar as recompensas e como você pode resgatá-las. Alguns cartões oferecem recompensas mais altas em gastos com viagens e uma taxa básica mais baixa (geralmente 1%) em todo o resto. Outros cartões pagam a mesma taxa em todos os gastos. Procure pelo menos 2% de recompensa em um cartão com taxa anual e 1,5% em um cartão sem taxa.

Como regra geral, evite cartões com menos de 1 centavo por ponto ou milha ao resgatar.

Os bônus de inscrição não são tão importantes quanto as recompensas em andamento – especialmente se você planeja manter seu cartão a longo prazo – mas eles são uma vantagem fantástica.

Porém, antes de se inscrever, garanta que você possa cobrir razoavelmente os gastos necessários para ganhar o bônus. Não faz sentido entrar em dívidas pesadas apenas para ganhar um bônus.

Obtenha mais vantagens e proteções de viagem.

Algumas vantagens e proteções de cartão de crédito são especialmente úteis quando você viaja. Por exemplo, alguns emissores e redes de cartão de crédito oferecem cobertura de aluguel de carro, seguro de bagagem perdida, seguro por atraso e acidente de viagem, serviços de concierge e assistência de emergência.

Muitos cartões de viagens – especialmente os de companhias aéreas e hotéis de marcas comuns – oferecem vantagens como malas despachadas gratuitamente, embarque prioritário, descontos, upgrades e vários créditos de viagem.

Tente decidir quais vantagens e proteções são essenciais para você e verifique se o cartão escolhido possui esses recursos.

Por exemplo, se você despachar regularmente malas com itens caros, convém proteger a bagagem perdida.

Se você alugar carros com freqüência, precisará de um cartão com boa cobertura. Para essas proteções e muito mais.

Aqueles que desejam regalias e frequentemente voam em uma companhia aérea específica podem procurar o cartão de viagem da empresa para obter mais vantagens.

No entanto, você deve saber que os cartões de companhias ou de marcas geralmente ganham menos com compras que não são de viagem do que os cartões de crédito de viagem em geral.

Portanto, se você voa com sua companhia aérea favorita semi-regular, limite-se a apenas um cartão dessa modalidade.

Leve em consideração as viagens internacionais.

Se você viaja internacionalmente, lembre-se de que:

  • Alguns cartões não são aceitos tão amplamente no exterior quanto no Brasil. A rede de pagamentos, e não o emissor do cartão, determina a aceitação. Visa ou Mastercard são aceitos em praticamente todos os lugares. Para American Express e Discover, é muito mais um sucesso ou um fracasso.
  • Muitos cartões cobram taxas extras em compras fora do Brasil. Essas taxas de transação estrangeira costumam chegar a cerca de 6% de cada compra mais IOF de 1.38%.

Se você planeja viajar para o exterior em um futuro previsível, convém trazer pelo menos um cartão amplamente aceito. Mesmo que um AmEx seja seu cartão principal, use um Visa ou Mastercard como backup.

Se você costuma viajar para o exterior, o ideal é ter um cartão que não cobra pelos privilégios e precisa comprar dólar com câmbio comercial para evitar os preços exorbitantes dos cobrados diretamente na conversão do cartão de viagem.